segunda-feira, 7 de abril de 2008

Quem é que escreve quem?

Eu escrevo histórias de todos os tipos. Já escrevi cartões de aniversário, convites de formatura, vídeos de casamento. Já esvrevi milhões de cartas de amor, próprias ou por encomenda, para conquistar ou remendar corações. Pela vida toda ouvi que manejava bem as palavras e isso, de uma forma ou outra, Se solidificou em mim. Reuniu, em torno do verso, areia e concreto e se tornou uma base para mim.

Outro dia me peguei pensando, entre um samba e outro, que não sei bem que é que escreve quem. Não sei até que ponto eu controlo a caneta, nem onde é que ela começa a me controlar. Sou um poço de histórias, vividas ou inventadas. Montei ao meu redor uma colcha de retalhos feitas de amores e desamores, dissabores que chegaram até mim. Conversas, livros, filmes, blogs. Decorei toda canção que é triste pra saber falar de amor, afinal é preciso um bocado de tristeza pra se fazer um samba bom.

Ingenuidade a minha de achar que eu poderia controlar a história. Sempre que é sobre minha vida a caneta ganha de mim, enrolando o enredo com milhares de pequenos assuntos, artifícios de autor para aumentar o suspense e esconder o final. Incabível que a minha história fosse diferente. Incabível que não houvesse conflito, que não houvesse desencontro, que não houvesse dúvida e dor.

Nessa história fico de mãos atadas, ávido por páginas novas, sem poder, só leitor.

Marcadores: , ,

8 Comentários:

Às 7 de abril de 2008 16:19 , Blogger Dona Laura Aresta disse...

e a força da caneta que te toma acaba sendo um alter-ego, assim como Laura o/
beijo e abraço BETTER MAN!

 
Às 7 de abril de 2008 17:45 , Blogger .Intense. disse...

Pergunta que me faço: quem escreve quem? eu escrevo a Intense, ou a Intense me escreve?

;)

 
Às 7 de abril de 2008 23:37 , Blogger Bel disse...

Essa questão não é apenas sua...

 
Às 8 de abril de 2008 01:08 , Blogger .Intense. disse...

?

Não entendi seu coments no Excesso Intenso.

?

 
Às 8 de abril de 2008 08:25 , Blogger Mysterious Ways disse...

não espere pela caneta, faz a coisa acontecer e pronto.

 
Às 8 de abril de 2008 12:17 , Blogger Jady disse...

Sabe que às vezes tenho essa mesma sensação? Mas não gosto dela não... Gosto de ter as rédeas na mão... O tinteiro é meu e pronto ;-)

beijo

 
Às 8 de abril de 2008 14:15 , Blogger Segunda a Sexta disse...

Quem quer escrever sobre tudo têm que se entender com o tudo; e saber que um oposto só há quando o outro também existe!

Abraço!

 
Às 8 de abril de 2008 19:56 , Blogger » NaY « disse...

Tenta colocar teu lado esquizofrenico pra fora e escrever numa terceira pessoa... rsrs Projete nesse outro coisas suas, ai vc fala de vc sem ser de vc! Entendeu? rsrs

Xerus
=***

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial