quarta-feira, 19 de março de 2008

Pequeno grande silêncio

Pequenos silêncios, uma semana inteira quieto. Muita coisa pra fazer e muita, muita mesmo, vontade de escrever. Tanta coisa pra contar. Escrever sem compromisso, como desabafo e dizer coisas que não posso. Shhh....

Muita repercussão do post da Intense. e muita gente bacana comentando por aqui. É bom ver gente que a gente gosta passando e deixando um bilhete. Sintam-se à vontade. A casa é de vocês e eu fico feliz em ter a casa cheia.

Ainda tenho que por a leitura em dia, muitos posts de muita gente sem ler e sem comentar. Adianto que o post do Mr. J sobre os motivos que levam alguém a blogar me interessou muito. Atenção, eu disse MUITO! Então corre lá e lê.

Eu não sei exatamente porque eu publico tudo isso que você agora lê. Eu escrevo há muito tempo, muito tempo mesmo, mas sempre mantive as coisas trancafiadas em cadernos, agendas, documentos do word, paredes e um monte de lugares onde ninguém pode ver.

Por muito tempo isto bastou e a válvula de alívio da pressão funcionava bem. Um certo dia, senti vontade de saber o que os outros pensavam sobre isso. Senti vontade de mostrar pras pessoas um lado que muita gente não conhecia, que o pessoal do trabalho não vê, que as pessoas que me encontram nas ruas não imaginam. Meu eu lírico precisava de espaço, ponto.

Depois vieram necessidades sociais, sinto falta de conhecer gente com conteúdo. Sinto falta de sentir vontade de conhecer pessoas porque me encantam, porque me distraem ou simplesmente porque eu as admiro. Lendo blogs de muitos de vocês vejo coisas tão lindas, tristezas tão tristes, tanto amor, tanta lágrima e tanta humanidade que me emociono.

Lendo linhas de vocês me reconecto com a minha poesia, com a minha parte subjetiva, com o eu que tenho que esconder atrás de planejamento financeiro e meta comercial. Lendo as linhas de vocês alimento o que tenho de melhor e mais intenso, sou feliz.

Vontade, vontade, vontade. vontade absurda. Tenho passado dias acelerados e com muita vontade, preciso logo dar um jeito de matá-la ou a vontade me mata. Sim, se eu fosse uma máquina eu seria um triturador de papel, seria o confidente ideal destruindo vestígios e guardando segredos apenas na memória.

Bom, por hoje é tudo pessoal! Beijo pra quem é de beijo, abraço pra quem é de abraço.

***

Dúvida: e você bloga porque?

Marcadores: , , , ,

15 Comentários:

Às 19 de março de 2008 19:51 , Blogger Laura Aresta disse...

abri o pag. pra deixar um comentário sobre o qnt eu estava ansiosa por um novo post, pois já li todos os aqruivos antigos... e aqui estava, você de volta!
Pois quero adcioná-lo nos meus favoritos, mas de toda forma, seguindo todas as regras não consigo adcionar nada na minha pág. então se for algo simples de explicar, por favor, me responda dizendo como fazê-lo! Se preferir pode ser por e-mail: lyzdebrito@gmail.com

Abraço grandão pra vc!

 
Às 19 de março de 2008 20:22 , Anonymous Anônimo disse...

Muitas pessoas procuram colocar seus sentimentos, pensamentos, sonhos, ilusões e desilusões em algum pedaço de papel, mesmo que seja pequeno, mas que dê para desabafar tudo que sente... Alguns já conseguiram se adpatar aos blogs, eu ainda prefiro que os meus pequenos rabiscos fiquem guardados, escondidos, trancafiados a sete cheves para ninguém os vejam e nem descubram os meus medos, segredos, angustias que assombram esse pobre coracão que já amou muito e sofreu d+, mas ainda não perdeu a esperanças de encontrar o GRANDE AMOR....
Beijos, meu poeta!

 
Às 20 de março de 2008 01:13 , Blogger .Intense. disse...

Ótima cobrança, prometi um post sobre isso e, nada...então, lá vamos nós. Vc tá sumido, vou perdoar pela falta de tempo, hein...

;)

Assim como vc, é uma delicia te ler. Vc é humano, e isso faz com que, quando a gente lê, parece que o post está saindo, fluindo, daqui de dentro...como um rio, águas calmas. Mas quente, de tão profundas que estão.

Não pare de escrever.
E que bom que muita gente veio ver seu canto.
Honra pra mim tb, meu 'analista'.rs
;)

 
Às 20 de março de 2008 01:14 , Blogger .Intense. disse...

Ótima cobrança, prometi um post sobre isso e, nada...então, lá vamos nós. Vc tá sumido, vou perdoar pela falta de tempo, hein...

;)

Assim como vc, é uma delicia te ler. Vc é humano, e isso faz com que, quando a gente lê, parece que o post está saindo, fluindo, daqui de dentro...como um rio, águas calmas. Mas quente, de tão profundas que estão.

Não pare de escrever.
E que bom que muita gente veio ver seu canto.
Honra pra mim tb, meu 'analista'.rs
;)

 
Às 20 de março de 2008 05:22 , Blogger Bel disse...

Respondi primeiro à Intense, e acabei voltando aqui. (Abençoados links!)
E deixo a mesma resposta: http://deixoler.blogspot.com/2007/07/blogar-verbo-intransitivo.html

É vícioooooooooo!!!

 
Às 20 de março de 2008 10:09 , Blogger Segunda a Sexta disse...

Tem um blog que hoje é extinto e que sintetizava a maioria dos interesses da maioria dos blogueiros:

"Um bloguinho furreca pra desopilar o cabeção!"

É por aí, ou não é?

Abraço!

 
Às 20 de março de 2008 11:32 , Blogger Laura Aresta disse...

Efim consegui te linkar!! \o/
e realmente seu post me fez pensar em pq eu blogo, farei algo sobre isso em breve!
abraço grande!!

 
Às 23 de março de 2008 23:30 , Blogger Delicious Days disse...

É curiosamente mágico ler palavras e nelas compreender sentimentos.

 
Às 24 de março de 2008 08:25 , Blogger Mysterious Ways disse...

pequenos silêncios? Enormes demais, na minha opinião !! ;)

Eu adoro quando vc diz coisas que não pode ... shhh nada ! Pode falar !

Não se espante com repercussão. Você sempre escreveu bem, eu sei que isso é coisa de longa data...

Você sabe como usar as palavras e como colocar sentimentos nelas, é natural que quem passe por aqui uma vez volte o resto da vida !!


Não guarde as coisas lindas que você escreve não ! Elas merecem ser divididas com a gente .

Planejamentos financeiros ? Nem vou comentar, vc sabe minha opinião sobre eles !!

Vontade? Shhhh !

Beijo Poeta !

 
Às 24 de março de 2008 16:33 , Blogger .linny disse...

pra colocar pra fora o que na maioria da vezes quando tento falar nunca vem, e quando tenho um papel e uma caneta, sai tal facilmente.

adoro isso.
e beijo que sou do beijo, rs
:**

 
Às 26 de março de 2008 12:06 , Blogger Mysterious Ways disse...

um selo do blogger lá tá bom pra vc?

a barrinha do google em cima vai matar a foto da minha mocinha do mysterious ways ...

bijuca

 
Às 27 de março de 2008 07:53 , Blogger Mysterious Ways disse...

me devendo... cadê o post?

:P

besitos

 
Às 30 de março de 2008 09:18 , Blogger rafael disse...

Post perfeito...
adorei!
otimo domingo, beijos!

 
Às 17 de abril de 2008 07:23 , Blogger Taíz Machado disse...

Seja sempre bem-vindo =]

eu blogo pq tenho a sensaçao de que aguem no mundo ouve aquilo que, nao necessariamente, eu preciso dizer
quase uma terapia, quase uma transpiraçao =]

 
Às 20 de novembro de 2009 04:11 , Anonymous Anônimo disse...

Obrigado por Blog intiresny

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial