domingo, 10 de fevereiro de 2008

Nova leitora, totalmente sem querer

Tem uma moça que trabalha comigo e com quem, muito raramente, troco e-mails. Trabalhamos em áreas distantes e nunca houve algum assunto que fosse além dos oks e por favores. Sexta-feira ela, meio sem saber com quem estava falando, responde um e-mail com o seguinte comentário:

". . . e você escreve e-mails como se escrevesse poesias :)"

Eu, meio sem jeito, pensei rápido em alguma coisa pra responder. Nada muito genial, mas que falasse de mim. Ficou assim:

"é que eu não sei dividir
não sei bem onde acaba a poesia
e onde começo eu

aí fica difícil saber onde tem métrica ou rima
se é em mim ou se é na poesia
mas se preocupa não

as coisas rimam até quando eu respiro."

Bonitinho? Eu acho que sim, porque depois disso ela veio ler o blog.

Marcadores: ,

1 Comentários:

Às 12 de março de 2008 20:07 , Blogger Bel disse...

Oi...
Vim pelo texto da Intense. E gostei muito de tudo o mais que li por aqui, especialmente dessa resposta poética. Amei!!!

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial