quarta-feira, 5 de dezembro de 2007

Doação

Doação

Por Júlio Bonrruquer Neto


Nunca mais! Disse ela tentando afastá-lo. Nunca mais faça isso dizia enquanto tentava desembaraçá-lo de seu corpo. Justificava que nunca poderia retribuir e que não era justo que fosse desse jeito. Racional como sempre. Não sabe ela que essa é a magia da coisa toda, doação. o Amor não é equação matemática nem lei física. Não existe sinal de igual nem ação e reação. O ponto de partida é doar-se para o outro, entregar sua existência. Por um segundo, alguns minutos, uma vida inteira, tanto faz.


Só se precisa acreditar, como em Deus. Ter fé, aceitar como dogma. Sem prova, sem argumento, sem medo, sem opção. É tudo o que o amor precisa. Que se acredite nele acima de tudo. Acima do eu, acima do outro, acima do tempo. É preciso acreditar que é a única maneira de salvar a alma. Talvez não do inferno, mas do frio da rua, do escuro da noite, do cinza da chuva. O amor é seu caminho e nele acredita.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial