quarta-feira, 29 de julho de 2009

Companhias

Companhia é algo engraçado. Não respeita física, química ou qualquer outra ciência. Companhia é matéria que não admite lógica nem razão. É coisa que se sente no escuro, no abraço, no carinho. Estar com alguém é transcender o corpo presente. Estar com alguém é habitar seu coração e lhe roubar o pensamento. Eu mesmo carrego comigo gente que não vejo há tempo. Amigos, amores, ídolos. Gente que, às vezes sem saber, anda comigo o tempo todo. Por onde quer que eu vá.

Cada vez mais me convenço que fazer companhia não é apenas sair junto pra um choppinho ou cinema. Tem uma coisa mais profunda envolvida. Tem gente que está apenas de corpo presente e esquece de trazer o calor e a alma. A verdadeira companhia. Eu gosto de gente presente, de gente que se importa. Ternura gera ternura, gentileza gera gentileza.

Por onde quer que eu vá, eu levo você no olhar.

Marcadores: ,

7 Comentários:

Às 30 de julho de 2009 08:26 , Blogger Mysterious Ways disse...

"É coisa que se sente no escuro, no abraço, no carinho..."

Eu gosto mais quando a luz tá apagada !

Beijooooooooooooooo

 
Às 30 de julho de 2009 08:41 , Blogger Mysterious Ways disse...

É verdade. Muitas vezes temos muitos "amigos e pessoas queridas" ao nosso redor o tempo todo e nem sempre você pode "contar" com elas. Apesar de muito tempo juntos a gente acaba descobrindo que estar junto e andar colado naqueles que julgamos nossos amigos não é suficiente.

Por outro lado, é possível fazer um novo amigo e notar que apesar de recente, é uma amizade super verdadeira, ou ainda, pessoas que são muito importantes na sua vida e que por algum motivo acabaram se afastando, um dia reaparecem e é como se aquele longo período de tempo que passou entre sumir e reaparecer simplesmente não existisse.

Obrigada por me deixar postar no seu espaço pra coments ! :P

Beijos da Mysterious

 
Às 30 de julho de 2009 11:38 , Blogger Si Collet disse...

q texto lindo, LINDO.. é a pura verdade, sinto a mesma coisa.. as pessoas hj vivem apenas de corpo presente.. sem a alma.. estão apenas vagando, não vivendo, existindo meso em todos os sentidos.. acabo carregando tb pessoas q nem sabem q estão comigo.. apenas pelo fato d eu sentir elas amadas e queridas.. por isso eu falo, ando azeda pro mundo e pras pessoas.. não quero mais viver essas relações sem alma, tb quero ser levada no olhar de quem gosta d mim!
bjoca

 
Às 1 de agosto de 2009 23:02 , Blogger [ rod ] disse...

Companhia é única... e por vezes tão complicada. Eu me sinto um guerreiro em ter a mim com a melhor companhia.

Estou de volta.




Novo dogMa:
há gosTo...


dogMas...
dos atos, fatos e mitos...

http://do-gmas.blogspot.com/

 
Às 3 de agosto de 2009 13:48 , OpenID biancamaia disse...

DEMAIS. Poético na medida exata, perfeito. A escrita está demais, parabéns!

 
Às 4 de agosto de 2009 22:11 , Blogger Caféína disse...

Eu quero companhia para as noites frias de inverno, e também para as tardes quentes de verão!

 
Às 5 de agosto de 2009 08:33 , Blogger Andrea Berger disse...

Perfeito o texto, você escreve muito bem...
Tem um selinho para você no meu blog.

Beijos

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial